Please reload

PROCURE POR TAGS: 

05.08.2020

04.08.2020

11.07.2020

07.07.2020

Please reload

POSTS RECENTES: 

SIGA

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

ELE QUER, ELA QUER

17.01.2018

Intenção.

 

Palavra usada para além do ditado popular. Ratificando-o.

 

Hoje inscrita em manuais de autoajuda ou autoconhecimento, caminho preferível.

 

Importante é a intenção que se coloca em algo. Portanto, deve anteceder este algo.

 

Pois o resultado final será alterado – de acordo com ela. A intenção posta.

 

E quando nada será realizado? E quando a intenção é suficiente? Quando fincamos pés as suas margens e nos falta coragem para avançar? Agir?

 

Reparei que há amores assim.

 

Que não se pretendem vividos em uma esfera carnal. Real. Ou na perspectiva de um ‘para sempre’ ou ‘até que a morte nos separe’.

 

Ele fica bem ali. Na esfera do impossível. Enevoado. Invisível.

 

Falta coragem. Falta oportunidade. Falta a disposição para dar o primeiro passo na caminhada. Falta espanar a poeira das experiências anteriores. Zerar o placar.

 

Isentar o amor. Assumir a culpa que cabe às pessoas. Terminar o julgamento. Anunciar o veredicto. Cumprir a sentença. Arcar com a vertigem da liberdade.

 

Lembrei-me dos Titãs. “Ele quer, ela quer. Ele quer, ela quer. Todo mundo quer amor de verdade”.

 

Mas cansa. Ir de novo. Cansa. Voltar de novo. Cansa. Parar. Cansa. Perder-se. Cansa. Cair no buraco. Cansa. Arriar os pneus. Cansa. Infinita highway. Cansa. Estrada de terra. Cansa.

 

Melhor ficar na intenção. Ele quer, ela quer. Ele quer, ela quer. Olhar de binóculos o percurso que se vislumbra. E, em estando lá ou tão perto, não precisar sair do lugar.

 

Não saindo do lugar e, em estando tão perto, se trombam. E lá vêm. Cuidados, vontade de estar mais perto, de tocar, penetrar mesmo.

 

E lá vêm. Encontros casuais, recados dados, emoções, sentimentos, gestos, apelos.

 

Corpo compartilhado.

 

Inteção de ir mais longe. De não expandir a rota. Ou não criá-la. Desviá-la. Porque sinalizador. Cansa. Dor. Cansa. Sina. Cansa. Túnel sem luz no fim. Cansa. Farol alto. Cansa.

 

Nunca sentar-se no mesmo banco e dar partida. Que isso de olhar na mesma direção. Cansa.

 

Aí, bom é descer. Sentar no ponto.  Porque dá para ver o movimento. Acenar. Errar o bonde. Descer antes. Correr para alcançar. Pegar outro. E mais outro. Correr. Cansa.

 

Aí, é bom desacelerar. Dar marcha à ré. Ligar o farolete. Para ser visto. Mas não muito.

 

Não saber dançar. Tão devagar. Para acompanhar.

 

Que se abra a cancela. Que não haja perigo. Que o sinal esteja verde.

 

As curvas se acabam.

 

O amor não vai mais passar.

 

O que vale é a intenção.

 

Se olhar para trás. Estará lá. O labirinto. Intenção. De um amor. De verdade.

 

Ele quer. Ela quer.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 por Waleska Barbosa. Orgulhosamente criado com Wix.com por Mauro Siqueira.

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round