Please reload

PROCURE POR TAGS: 

11.03.2020

29.01.2020

28.01.2020

27.01.2020

Please reload

POSTS RECENTES: 

SIGA

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

DIA DA MENINA

28.07.2017

Ela me pediu para escrever sobre sua vida.

 

Hoje.

 

Dia do seu aniversário.

 

Atenta que é, sabe a que o blog se presta.  Quis fazer parte.

 

Como já fez tantas vezes.

 

Como é parte de mim.

 

Feita nas minhas entranhas.

 

Broto de um amor.

 

Hoje minha filha completa seu primeiro setênio.

 

Sua primeira infância.

 

Ao tempo em que desejei chegar aqui, andei devagar e sem pressa para acompanhar seus passos.

 

Desde os primeiros.

 

Até os que dá agora.

 

Cheia de autonomia.

 

Inteligência.

 

Sagacidade.

 

Gostares.

 

Ela me pergunta qual foi sua primeira palavra. Com quanto tempo andou. O que comia.

 

Gosta de ver vídeos e fotos do passado (não tão distante).

 

É um Marcelo Martelo Marmelo.

 

Perguntadeira.

 

Inventadeira.

 

É uma cantorinha.

 

Que vive em um musical.

 

Inventa letras. Músicas. Poesias.

 

É minha nêga preta.

 

É uma Morena linda.

 

Minha filhotinha.

 

Menina bonita do laço de fita.

 

A quem gosto de ouvir.

 

Com quem gosto de conversar.

 

Quem me ensina a olhar o pássaro – por mais que estejamos atrasadas.

 

Quem pega as flores pelo caminho.

 

Quem olha para o céu e primeiro vê a lua.

 

Quem me pede uma história de livro. E uma de imaginação.

 

Toda noite.

 

Por quem acredito na vida.

 

Quem me confronta.

 

Quem já me enfrenta.

 

Quem argumenta.

 

Porque é criança.

 

Tem a infância resguardada.

 

Porque dura pouco.

 

Porque passa logo.

 

Porque tenho crenças e obrigações.

 

Lembro de quando foi concebida.

 

E de cada tanto que cresceu.

 

Até que viesse ao mundo.

 

Meio correndo.

 

De emergência.

 

E segue seu caminho.

 

De menina.

 

Sei de cada drama.

 

Meu.

 

A cada dodói.

 

A cada desafio da maternidade.

 

A cada desafio de ser mulher. Mãe. Profissional.

 

Ela me pergunta se vai poder sempre estar perto.

 

Em um abraço.

 

Eu torço que sim.

 

Rezo.

 

Santo anjo do Senhor.

 

Protejo.

 

Meu zeloso guardador.

 

Deixo que faça suas descobertas.

 

Se a ti me confiou.

 

Ah, minha filha.

 

Queria mudar o mundo todo.

 

Para ofertar apenas o melhor.

 

O sumo do sumo do sumo.

 

Enquanto isso, me espremo para ser o melhor que puder – como sua companheira, cuidadora, protetora.

 

Para honrar a responsabilidade ofertada pelo universo.

 

Oportunidade de ser uma pessoa melhor.

 

E a cada dia viver um pouco do seu universo.

 

De criança.

 

De cria.

 

Fruto.

 

Futuro.

 

Presente.

 

A mim dado.

 

Diariamente.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 por Waleska Barbosa. Orgulhosamente criado com Wix.com por Mauro Siqueira.

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round