Please reload

PROCURE POR TAGS: 

05.08.2020

04.08.2020

11.07.2020

07.07.2020

Please reload

POSTS RECENTES: 

SIGA

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

MILAGRE DA VIDA

18.04.2017

Não sei muita coisa dela.

 

Sei que um dia, num samba, como não poderia (e nem teria razão para) deixar de ser, a conheci.

 

Ah, agora lembrei melhor.

 

Acho que foi em um evento no Conic.

 

Ihhh... Não sei mais.

 

Não que não seja informação importante. Para no futuro a gente contar história, é bom saber o começo dela.

 

Mas pode começar pelo meio. Entrar por pé de pinto e sair por pé de pato. Nada impede.

 

Sei que ela tem uma cara boa – das que eu gosto.

 

Eu tenho umas caras eleitas de quem já começa com todos os pontos. Por me cativar, me encantar, me enternecer.

 

Ela é linda. Jovial. Sorridente. Elegante. Feliz. Sambista. Tem uma relação com a vida que dá gosto de ver.

 

Tem amigos, amigas e os valoriza. Anda em bando.

 

E todo o bando sorri. Se abraça, faz graça da vida, faz a vida ter graça.

 

Ela viaja, abre a janela, olha o sol, a lua, contempla a natureza.

 

Ela se enrolou na cortina vermelho-dourada da Acadêmicos da Asa Norte e fez pose para as câmeras.

 

Porque parece que nada a intimida.

 

Acho que é isso. A cara dela é de quem veio para ser feliz.

 

Menina sapeca.

 

Agregadora.

 

Fomos apresentadas e podia ter sido aquilo. Ter parado por ali.

 

Termos precisado de mais umas cinquenta apresentações, como acontece muito em Brasília, para poder trocar cumprimentos um dia.

 

Mas já foi pei-bufe.

 

E assim, a gente vai se espiando nas redes sociais e se esbarrando nos festejos da vida e fortalecendo esses laços.

 

Uma alegria grande foi tê-la na comemoração do meu aniversário. Foi lá, levou presente e presença. Fez par com outras pessoas que me deixaram muito honrada por irem e que estão sempre juntos – a turma.

 

Eu me sinto tocada pela amizade deles entre si e deles comigo. Pessoas com outra forma de se relacionar, outros valores, outras importâncias e querências. O tempo já deu para eles uma sabedoria e uma calmaria – são navegados pelo mar, deixam a vida os levar, dentro dos mais rigorosos padrões de amizade, lealdade, alegria.

 

Ela é minha leitora e fala empolgada que Um por Dia é maravilhoso. Compartilha os textos, deixa seu comentário. Faz essa caminhada junto comigo.

 

Um dia talvez conversemos muito e saibamos um pouco mais uma da outra. Fico pensando quais são suas dores, suas sombras, suas perdas. O que a vida já aprontou com ela. O que ela já aprontou na vida.

 

O que for acho que já está resolvido internamente. Porque ela tem esse jeito de bem resolvida. De quem não deixa aresta, de quem não arrasta peso, de quem acolhe, mas deixa ir quando é hora. E essa hora sempre é pontual. Nunca mais, nunca menos. O suficiente para deixar um aprendizado, uma lição, uma marca.

 

O suficiente para não barrá-la, não amarrá-la, não devassá-la. Nem devastá-la.

 

Ela não é dessas.

 

É ensolarada.

 

Mesmo que haja escuro.

 

Porque ouviu dizer que são milagres noites com sol.

 

E também ela é milagre.

 

Da vida.


 

 

Oxum

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 por Waleska Barbosa. Orgulhosamente criado com Wix.com por Mauro Siqueira.

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round